Eyshila - Oleiro

Eyshila - Oleiro


Posso ver os seus pedaços
Você já se acostumou
Habituado com as quedas
Por muitas vezes se quebrou

Você sempre esteve nas Minhas mãos
Você sempre esteve nas Minhas mãos

Não restam mais segredos
Teu coração Eu vi
Nos teus piores dias
Tuas lágrimas colhi
Fui Eu que te escolhi
E vou te refazer
Nunca tirei as Minhas mãos
E o meu amor de você

Quebrado, inteiro
Você é vaso e Eu sou oleiro
Eu não me assusto com teus fracassos
Sou Eu quem moldo
Dou forma ao barro

Compartilhe!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo de carater ofensivo, por favor denuncie.

Comentários (0)


Deixe um comentário